Sábado, 23 de Outubro de 2021

Com nova alta de preço, botijão de gás já chega a R$ 107 em Mato Grosso do Sul


Pesquisa da Agência Nacional do Petróleo aponta que preço varia de R$ 79 a R$ 107
Gás de cozinha chega a custar R$ 107 no Estado - Foto: Bruno Henrique

O botijão do gás liquefeito de petróleo (GLP), o gás de cozinha, é comercializado pelo preço de até R$ 107 em Mato Grosso do Sul.

Em levantamento realizado pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), o preço médio de revenda do botijão no início de julho era de R$ 88,20, já na última semana, chegou ao valor de R$ 90,81, ocorrendo um aumento de R$ 2,61 durante este período.

Conforme a pesquisa, a variação entre o menor preço médio e o valor mais alto neste mês foi de R$ 28, custando entre  R$ 79 e R$ 107.

Na Capital, o gás de cozinha acumula aumento de 27,50% nos últimos 12 meses, impulsionado, principalmente, pela valorização do petróleo no mercado internacional e desvalorização do real.

A alta acumulada é maior que a inflação do período de um ano.

Na última semana de julho, o preço médio do botijão de 13 quilos foi de R$ 88,15 em Campo Grande.

Conforme a pesquisa da ANP, realizada em 32 revendas, o gás de cozinha foi encontrado à venda por valores entre R$ 79 e R$ 95 na Capital.

Segundo a Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon), embora seja controlado pelas refinarias, o preço do gás de cozinha não é tabelado conforme a marca no varejo.


Fonte: Correio do Estado