Portal do MS - Sua fonte de notícias de Mato Grosso do Sul

Quinta-feira, 11 de Agosto de 2022

Notícias/Mato Grosso do Sul

Azambuja lança bolsa de estudos e destaca liderança de MS em Ciência e Tecnologia

O programa é voltado para alunos e professores do Ensino Médio.

Azambuja lança bolsa de estudos e destaca liderança de MS em Ciência e Tecnologia
Divulgação
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

No Bioparque Pantanal, o governador Reinaldo Azambuja lançou, nesta segunda-feira (16), a 2ª edição do Pictec (Programa de Iniciação Científica e Tecnológica de Mato Grosso do Sul), voltado para alunos e professores do Ensino Médio, e contou que Mato Grosso do Sul já é o primeiro do país em bolsas de estudo para Mestrado e Doutorado na área de Ciência e Tecnologia. 

“É muito bom [o Pictec] porque você desperta algo da tecnologia, uma nova ciência e isso vai fazer muito bem, com certeza, com o maior edital publicado no Brasil para esse tipo de público. Mato Grosso do Sul já tem o maior investimento em Ciência e Tecnologia para Mestrado e Doutorado. Você investe também naqueles que são mestres e doutores, mas não deixa de dar oportunidade para esse jovem do Ensino Médio de toda a Rede Pública de Mato Grosso do Sul”, disse.

Para esta chamada foram disponibilizadas 400 bolsas na modalidade Bolsa de Iniciação Científica (IC-A) para estudantes do Ensino Médio ou Ensino Técnico Integrado ao Ensino Médio, com valor mensal fixado em R$ 400, e 100 bolsas na modalidade Bolsa de Apoio à Capacitação e Transferência de Tecnologia (ACTT–F) para professores-orientadores, no valor mensal fixado em R$ 800 - ambas com duração máxima de 12 meses. O orçamento do programa é de R$ 2,8 milhões. O número de bolsas é bem maior do que no ano passado, quando foram contemplados 50 professores/coordenadores e 188 alunos.

Entre os objetivos do Pictec estão despertar a vocação científica e incentivar talentos potenciais, contribuir para a formação continuada de professores, implementar projetos de pesquisa científica e tecnológica e qualificar estudantes do Ensino Médio de Mato Grosso do Sul a prosseguirem seu aprendizado de modo continuado. A secretária de Educação, Maria Cecília Amendola da Motta, afirmou que o Pictec vai ao encontro da política estadual de educação.  “É um programa que contribui para as escolas estaduais, em que o estudante é protagonista do aprender e o professor também”, finalizou. 
 
 
FONTE/CRÉDITOS: Subcom
Comentários:

Veja também

Seja bem vindo!