Portal do MS - Sua fonte de notícias de Mato Grosso do Sul

Quinta-feira, 11 de Agosto de 2022

Notícias/Mato Grosso do Sul

Combustíveis: “É uma cadeia de abusos”, diz diretor do Procon sobre antecipação de aumentos

Para superintendente do Procon, além dos postos, distribuidoras também se anteciparam às refinarias e subiram preço de seus estoques.

Combustíveis: “É uma cadeia de abusos”, diz diretor do Procon sobre antecipação de aumentos
Divulgação
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Não serão apenas os postos de combustíveis de Campo Grande que entrarão na mira da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato Grosso do Sul (Procon-MS) por estarem praticando abusos contra o consumidor, reajustando o preço dos combustíveis um dia antes de a Petrobras colocar os novos preços em prática nas refinarias. As distribuidoras também serão investigadas”.  

“É uma cadeia de abusos. Não é só o posto de revenda, a distribuidora também vem praticando abuso em cima de abuso”, queixou-se o superintendente do Procon, Marcelo Salomão, que colocou todos seus fiscais nas ruas nesta quinta-feira (10).  

O superintendente do Procon explica como o abuso está ocorrendo. “Nós estamos recebendo denúncias de que as distribuidoras estão vendendo combustível hoje com o preço novo. E as distribuidoras que não estão praticando preço novo, estão segurando combustível para os postos para vender apenas amanhã (sexta-feira, 11) com o novo preço”, detalhou.

Orientação

Marcelo Salomão orienta os proprietários que abasteceram ou ainda vão abastecer nesta quinta-feira (10) e sexta-feira (11) a pedir os cupons fiscais aos estabelecimentos. É uma forma de ajudar o Procon na fiscalização.  

FONTE/CRÉDITOS: Correio do Estado
Comentários:

Veja também

Seja bem vindo!