Portal do MS - Sua fonte de notícias de Mato Grosso do Sul

Quarta-feira, 17 de Agosto de 2022

Notícias/Esporte

Copa do Brasil começa a definir classificados às quartas nesta terça

Nos oito confrontos, apenas dois clubes conseguiram abrir uma vantagem superior a dois gols nos jogos de ida

Copa do Brasil começa a definir classificados às quartas nesta terça
Divulgação
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Após um intervalo de duas semanas, a Copa do Brasil volta a prender às atenções do torcedor a partir desta terça-feira, quando começam as partidas de volta das oitavas de final da competição. Que vem sendo chamada por muitos como "a maior da história".

Tudo por conta dos inúmeros clássicos e da presença de 14 clubes da Série A. As duas exceções são os tradicionais Cruzeiro e Bahia, que estão no G-4 da Série B.

E os jogos de ida comprovaram o peso dos confrontos. Isso porque, nos oito duelos, apenas dois clubes conseguiram abrir uma vantagem superior a dois gols. Vale lembrar que desde 2018 os gols marcados fora de casa não usados como critérios de desempate.

Confira o cenário dos confrontos:Athletico-PR x Bahia (ida: Bahia 1x2 Athletico-PR)

Confronto que abre os jogos de volta das oitavas nesta terça-feira, às 20h30, na Arena da Baixada. Após abrir vantagem em Salvador, o Athletico precisa apenas de um empate para avançar. Porém, a história recente mostra que é bom o Furacão entrar ligado em campo.

Isso porque, nas quartas de final da Sul-Americana de 2018, o Bahia conseguiu devolver, em Curitiba, o placar sofrido no primeiro jogo em casa (no caso, 1 a 0), com o Rubro-negro só avançando nos pênaltis (terminaria como campeão). Em jogos eliminatórios, o Furacão também levou a melhor na Copa do Brasil de 1992 e 2011.

Triunfo por dois gols dá a vaga ao Tricolor e por um leva a decisão novamente para as penalidades.

Cruzeiro x Fluminense (ida: Fluminense 2 x 1 Cruzeiro)

Outro duelo em aberto. Após a vitória por margem mínima no Maracanã, o Fluminense precisa apenas de um empate no Mineirão, às 21h, para seguir adiante. A partida será a primeira após a aposentadoria oficial do atacante Fred . Já a Raposa, que lidera a Série B, precisa vencer por dois gols de diferença para se classificar ou por um para levar a disputa para os pênaltis.

E para isso, o Cruzeiro aposta na sua força como mandante. Nessa condição, já são 14 jogos de invencibilidade, com vitórias nos últimos 11 jogos, oito deles na Série B onde mantém os 100%.

O Tricolor, por sua vez, também vive um bom momento, com o time sem perder há seis partidas, sendo cinco vitórias seguidas (todas no Rio de Janeiro).

Goiás x Atlético-GO (ida: Atlético-GO 0x0 Goiás)

A "super quarta" da Copa do Brasil começa com o clássico histórico entre Goiás e Atlético-GO, às 19h, no estádio da Serrinha. Que ganha ainda mais tensão após o empate sem gols no jogo de ida, o que deixa a definição completamente aberta.

O curioso é que tanto Goiás, quanto Atlético-GO, se classificaram para as oitavas de final nos pênaltis. O Esmeraldino após uma disputa insana contra o Bragantino, que terminou em 9 a 8, com o goleiro Tadeu defendendo cinco cobranças. Já o Dragão superou o Cuiabá, fora de casa, por 5 a 3, após um 0 a 0 no tempo normal.

Ceará x Fortaleza (ida: Fortaleza 2x0 Ceará)

Ceará e Fortaleza voltam a escrever a partir das 20h, no Castelão, mais um capítulo histórico do Clássico-Rei. O segundo valendo classificação na Copa do Brasil. E após eliminar o rival na terceira fase da competição no ano passado, o Fortaleza deu um importante passo ao abrir vantagem de dois gols no jogo de ida.

Com isso, o time do técnico Vojvoda, que vem de eliminação nas oitavas de final da Libertadores e amarga a lanterna no Campeonato Brasileiro, pode perder até por um gol para se classificar para as quartas de final pelo segundo ano seguido.

Já o Vozão, que chegou às quartas de final da Sul-Americana, precisa vencer o rival por três gols ou mais de vantagem para seguir adiante. Placar que conseguiu na Série A do ano passado, quando goleou por 4 a 0, na 33ª rodada. Triunfo alvinegro por dois gols leva para os pênaltis.

Flamengo x Atlético-MG (ida: Atlético-MG 2x1 Flamengo)

Duelo de rivalidade histórica e envolvendo dois dos clubes mais vencedores dos últimos anos do futebol brasileiro. No confronto que poderia ser muito bem a decisão da competição, o Galo tem o benefício do empate na quarta-feira, às 21h30, no Maracanã, pela vitória por margem mínima no Mineirão, em grande atuação de Hulk.

Pelo lado carioca, o gol de Lázaro, aos 35 minutos do segundo tempo, diminuindo a desvantagem, com o perdão do trocadilho, foi uma espécie de "ressureição" do Flamengo, que agora precisa de uma vitória por dois ou mais gols para avançar, ou por um para levar aos pênaltis.

Esperança que é reforçada pelo retrospecto recente do clássico entre os dois times no Rio de Janeiro. Nos últimos 12 jogos, foram nove vitórias do Flamengo (cinco delas por diferença de dois ou mais gols), contra apenas um empate e dois triunfos do Galo.

Santos x Corinthians (ida: Corinthians 4x0 Santos)

O duelo com a maior diferença de gols no jogo de ida. Após golear o Santos por 4 a 0, na Neo Química Arena, o Corinthians deu um enorme passo rumo às quartas de final da competição. Isso porque, agora, o Timão pode perder por até três gols de desvantagem, na quarta-feira, às 21h30, na Vila Belmiro, que mesmo assim segue vivo.

Já para o Peixe, restou a missão quase impossível de devolver a goleada por quatro gols para levar a decisão para os pênaltis ou por mais gols e se classificar no tempo normal. O que, a essa altura, seria histórico.

A última vez que o Santos conseguiu algo parecido contra o Corinthians foi na quarta rodada do Campeonato Paulista de 2014, quando goleou por 5 a 1, também jogando na Vila Belmiro.

Palmeiras x São Paulo (ida: São Paulo 1x0 Palmeiras)

Na quinta-feira, Palmeiras e São Paulo voltam a se enfrentar às 20h, no Allianz Parque, em um Choque-Rei decisivo. Após vencer pelo placar mínimo, no Morumbi, o Tricolor leva a vantagem de jogar por um empate. O que é importante, mas está longe de ser uma margem segura. Até porque, as lembranças da final do último Campeonato Paulista seguem frescas na memória. Dos dois times.

Na ocasião, o São Paulo foi para o segundo jogo contra o rival, fora de casa, com uma vantagem até maior após vencer por 3 a 1 a ida. Porém, com uma atuação muito superior, o Palmeiras ficou com o título ao vencer com tranquilidade por 4 a 0.

Nesse meio tempo, o São Paulo ainda sofreu outra derrota doída para o rival no Campeonato Brasileiro, quando vencia por 1 a 0 até os 45 minutos do segundo tempo e cedeu a virada.

Botafogo x América (ida: América-MG 3x0 Botafogo)

O outro time a conseguir uma boa vantagem o jogo de volta foi o América-MG. Com a vitória no Independência, o Coelho pode até perder por dois gol do Botafogo, na quinta-feira, às 21h, no Nilton Santos, que se classifica para às quartas de final.

Já ao Alvinegro, resta devolver a desvantagem para forçar a disputa de pênaltis, ou golear para seguir sonhando com o seu primeiro título na Copa do Brasil. Ao menos, a história joga a favor da Estrela Solitária.

Isso porque, como mandante, o Botafogo nunca foi derrotado pelo América-MG em competições oficiais. Em sete encontros, foram dois empates e cinco vitórias. Porém, nenhuma delas por diferença de três gols. Em duas ocasiões, os alvinegros venceram por dois de vantagem (3 a 1 e 4 a 2, ambos pelo Campeonato Brasileiro).

FONTE/CRÉDITOS: Globo Esporte
Comentários:

Veja também

Seja bem vindo!