Portal do MS - Sua fonte de notícias de Mato Grosso do Sul

Quarta-feira, 17 de Agosto de 2022

Notícias/Geral

Covid-19: SP inicia dose de reforço em adolescentes de 12 a 17 anos

Vacinação também vale para gestantes e puérperas na mesma faixa de idade, podendo ser utilizados os imunizantes da Pfizer e Coronavac, conforme disponibilidade nas unidades de saúde.

Covid-19: SP inicia dose de reforço em adolescentes de 12 a 17 anos
© Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A partir de hoje (30) adolescentes de 12 a 17 anos de idade da capital paulista podem tomar a dose de reforço da vacina contra covid-19. A vacinação estará disponível para aqueles que receberam a segunda dose (D2) há pelo menos quatro meses. Poderão ser utilizados os imunizantes da Pfizer e Coronavac, conforme disponibilidade nas unidades de saúde. A recomendação também vale para adolescentes gestantes e puérperas. No caso dos adolescentes imunocomprometidos, apenas a vacina da Pfizer deverá ser utilizada.

Desde fevereiro deste ano, a dose de reforço estava disponível apenas para adolescentes imunossuprimidos e, até o momento, 4.520 doses foram aplicadas. Em todo o público de 12 a 17 anos já foram aplicadas 978.330 primeiras doses (D1) e 876.506 segundas doses (D2), com cobertura de 115,9% e 103,8%, respectivamente.

A decisão da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de aplicar a dose de reforço do imunzante contra a covid-19 na faixa etária de 12 a 17 anos foi tomada após ofício enviado pela ao Ministério da Saúde (MS) destacando a importância de se ampliar a imunização nesse grupo no momento atual da pandemia e solicitando a inclusão do público como elegível para a dose de reforço.

“A inclusão dos adolescentes nos grupos elegíveis para dose de reforço contribuirá na manutenção do cenário epidemiológico da capital. Além da proteção individual do adolescente, essa ampliação contribui diretamente para a preservação da estabilidade no cenário epidemiológico neste momento de chegada do inverno, onde é esperado um aumento de doenças respiratórias, entre elas, a covid-19", disse o secretário municipal da Saúde, Luiz Carlos Zamarco.

A vacinação ocorre em toda a rede: UBSs e AMAs/UBSs Integradas, das 7h às 19h, e nos megapostos e drive-thru, das 8h às 17h.

FONTE/CRÉDITOS: Flávia Albuquerque - Repórter da Agência Brasil
Comentários:

Veja também

Seja bem vindo!