Portal do MS - Sua fonte de notícias de Mato Grosso do Sul

Quinta-feira, 11 de Agosto de 2022

Notícias/Mato Grosso do Sul

Ex-ator de novelas da Globo e Record é preso e dá 'show' em delegacia de Campo Grande

Foi preso em flagrante com um celular furtado.

Ex-ator de novelas da Globo e Record é preso e dá 'show' em delegacia de Campo Grande
Divulgação
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Thiago Queiroz Baldini Almeida, de 41 anos, ex-ator que atuou em novelas da Globo e Record, foi preso por furto após ameaçar funcionários de uma lanchonete na Avenida Ricardo Brandão, próximo da Câmara dos Vereadores, por volta das 17 horas deste sábado (12). Durante a abordagem feita por policiais militares da 11ªCIPM, os agentes encontraram um celular furtado com ele.

Os policiais foram acionados até a lanchonete por volta das 17h deste sábado. No local, o gerente relatou que Thiago estava ameaçando funcionários e perturbando o ambiente de trabalho. 

Durante a manhã deste sábado, o ex-atorjá havia ameaçado os funcionários e pertubado o ambiente de trabalho. Ele então foi orientado pela polícia, porém, retornou no final da tarde deste sábado e começou a ameaçar os funcionários novamente. Em abordagem, os policiais encontraram um celular com ele. Em checagem, foi verificado que o aparelho havia sido furtado. Perguntado sobre o celular, de início ele contou que havia comprado e depois disse que achou o telefone.

Ele então foi levado à Depac Centro e foi colocado sentado na sala de confecção de boletim de ocorrência, onde deveria aguardar. Porém, segundo a polícia, muito agitado, quebrou a cadeira da sala com chutes e xingou os policiais. Foi então necessário o uso de algemas. 
Ele então foi preso em flagrante por dano; ameaça; receptação; desacato e pertubação do trabalho ou do sossego alhieo.

De acordo com o site TV História, Thiago atuou em novelas como Liberdade Liberdade e Êta Mundo Bom, da Rede Globo, e em Os Dez Mandamentos e A Terra Prometida, na Record.

Em setembro de 2020, com dificuldades financeiras em decorrência da crise causada pela pandemia, Thiago recebia assistência de uma paróquia de Brasília (DF).

Porém, em um momento de descuido do padre, acabou furtando seu celular. Tanto ele quanto o receptador do aparelho foram presos e confessaram o crime.

Em agosto de 2021, o ex-ator foi preso novamente, na cidade de Comodoro (MT), que fica a 100 quilômetros da divisa com Rondônia, por furto e desacato, por xingar policiais novamente.

FONTE/CRÉDITOS: Mídia Max News
Comentários:

Veja também

Seja bem vindo!