Portal do MS - Sua fonte de notícias de Mato Grosso do Sul

Terça-feira, 05 de Julho de 2022

Notícias/Economia

Guerra na Ucrânia poder deixar gasolina até R$ 0,80 mais cara em MS

A estimativa é de um possível aumento, caso aconteça reajuste de pelo menos 50%, em comparação com a alta do mercado internacional.

Guerra na Ucrânia poder deixar gasolina até R$ 0,80 mais cara em MS
Divulgação
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Após a disparada das cotações do petróleo no mercado internacional, em razão das sanções contra a Rússia, os postos de gasolina estão à espera de posicionamento da Petrobrás.

A estimativa é que os preços possam subir novamente, devido às altas do preço do petróleo.  

Segundo o diretor executivo do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo e Lubrificantes (Sinpetro-MS), Edson Lazaroto, eles estão esperando um pronunciamento da Petrobrás.  

“Não tem muito o que fazer, nós dependemos de um posicionamento da casa maior. Enquanto isso, estamos segurando os preços o máximo que é possível. Até o momento, as informações estão oscilando muito”, explica Edson.  

A alta dos combustíveis pode afetar toda a logística do mercado de alimentos, transportes e produtos em geral.  

Ainda de acordo com Edson, em um cenário otimista, caso a gasolina suba para o consumidor, considerando a hipótese de um reajuste de 50% do valor do mercado internacional, é provável que o preço aumente em média R$ 0,80 centavos.  

Entretanto, o preço permanece congelado até ordem da Petrobras. 

Existe possibilidade de acontecer reunião, nesta terça-feira (08), entre executivos da Petrobras, podendo surgir algum parecer a partir de então.  

FONTE/CRÉDITOS: Correio do Estado
Comentários:

Veja também

Seja bem vindo!