Portal do MS - Sua fonte de notícias de Mato Grosso do Sul

Quarta-feira, 10 de Agosto de 2022

Notícias/Mato Grosso do Sul

Indústria abriu 2.345 vagas de emprego em março e 5.040 no acumulado do ano

Com esse resultado, o conjunto da atividade industrial foi responsável por 30% do total de vagas abertas em Mato Grosso do Sul no período indicado.

Indústria abriu 2.345 vagas de emprego em março e 5.040 no acumulado do ano
Divulgação
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O setor industrial de Mato Grosso do Sul foi responsável em março pela abertura de 2.345 postos formais de trabalho, resultado de 8.835 contratações e 6.490 demissões. Já no acumulado de janeiro a março, são 5.040 vagas abertas pela indústria, resultado de 22.898 contratações e 17.858 demissões. Com esse resultado, o conjunto da atividade industrial foi responsável por 30% do total de vagas abertas em Mato Grosso do Sul no período indicado.
 
Atividades industriais que mais abriram vagas no mês de março foram fabricação de álcool (+498), fabricação de açúcar (+360), construção de edifícios (+306), abate de bovinos (+187), obras de terraplanagem (+183), obras de infraestrutura (+120), fabricação de brinquedos e jogos recreativos (+116) e fabricação de celulose (+114).
 
Já as atividades industriais que mais abriram vagas no acumulado de janeiro a março foram construção de edifícios (+933), fabricação de álcool (+605), fabricação de açúcar (+580), obras de infraestrutura (+492), obras de terraplanagem (+236), fabricação de brinquedos e jogos recreativos (+173), fabricação de celulose (+157), obras de alvenaria (+156), confecção de peças do vestuário (+120), tratamentos térmicos, acústicos ou de vibração (+114) e fabricação de calçados de material sintético (+112).
 
Segundo o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, o conjunto das atividades industriais em Mato Grosso do Sul encerrou março de 2022 com o total de 137.870 trabalhadores empregados. “Indicando, até aqui, um aumento de 3,8% em relação ao fechamento do ano anterior, quando o contingente ficou em 132.830 funcionários”, afirmou.
 
Com isso, a atividade industrial responde por 23,8% de todo o emprego com carteira assinada (CLT) existente em Mato Grosso do Sul, ficando atrás do segmento de Serviços que emprega 221.346 trabalhadores com participação equivalente a 38,2% e Comércio com 138.498 empregados ou 23,9%.

FONTE/CRÉDITOS: Diário MS
Comentários:

Veja também

Seja bem vindo!