Portal do MS - Sua fonte de notícias de Mato Grosso do Sul

Quarta-feira, 17 de Agosto de 2022

Notícias/Economia

Mato Grosso do Sul deve ultrapassar 62 mil toneladas de pescado até 2023

No Estado existem atualmente 1.338 piscicultores em atividade

Mato Grosso do Sul deve ultrapassar 62 mil toneladas de pescado até 2023
Ilustrativa
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Com mais de 1,3 mil piscicultores em atividade, Mato Grosso do Sul espera atingir neste ano 55 mil toneladas de pescado, mas com união e reorganização da cadeia produtiva poderá ultrapassar as 62 mil toneladas até 2023.

No Estado existem hoje 1.338 produtores, 2.500 hectares de tanques escavados, 860 hectares desativados ou sem exploração comercial 1.767 unidades de tanques rede; 28 produtores de alevinos e 102 estabelecimentos “pesque-pague”. No ano passado a produção ficou em 34.450 toneladas de tilápia e em 1.950 toneladas de peixes nativos. 

O secretário Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck reafirmou o compromisso da Semagro, por meio do Plano Estadual de Fortalecimento da Cadeia Produtiva da Piscicultura no Estado de Mato Grosso do Sul (PRO-PEIXE) de elevar neste ano em quase 50% a produção de peixes em cultivo no Estado. "Temos os incentivos financeiros, às ações e meios para buscar o aumento da produtividade. "São investimentos sendo realizados em várias cidades do Estado o que mostra a força do setor e necessidade de maior apoio do Governo", finalizou.

Painel "Diálogo para o Desenvolvimento das cadeias Produtivas" da Piscicultura, aconteceu na última semana e foi promovido pela Semagro, em parceria com o Sebrae (Sistema Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e debateu estratégias de ações para incrementar as atividades e papel das políticas públicas.

FONTE/CRÉDITOS: Elaine Silva Capital News
Comentários:

Veja também

Seja bem vindo!