Portal do MS - Sua fonte de notícias de Mato Grosso do Sul

Quarta-feira, 17 de Agosto de 2022

Notícias/Policial

Menino de 10 anos mata padrasto para defender mãe de agressões

adrasto teria esfaqueado mãe do menino com punhal; caso ocorreu em área indígena de Yby Yaú.

Menino de 10 anos mata padrasto para defender mãe de agressões
Última Hora
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Menino, de 10 anos, matou padrasto a facadas na noite deste domingo (1º) para defender mãe de violência doméstica. O caso ocorreu em área indígena no distrito de Yby Yaú, Departamento paraguaio de Concepción, próximo a cidade sul-mato-grossense Ponta Porã.

A família residia na comunidade indígena Yrapey, conforme informações da Polícia Nacional. Após ingestão de bebidas alcoólicas, o casal teria discutido e o padastro, que não teve a identidade revelada, tirou punhal do bolso e golpeou o braço da esposa.

O menino presenciou a cena e foi até a cozinha, onde pegou uma faca. Ele foi para cima do padastro e o esfaqueou com cerca de oito golpes para defender a mãe das agressões, de acordo com a Polícia. A criança continua sob cuidados da mãe, enquanto o corpo do padrasto foi repassado a irmã dele, de 30 anos.

Os policiais foram acionados e o homem já estava morto quando chegaram ao local. O óbito foi decorrente de choque hipovolêmico causado pela perda excessiva de sangue ocasionada pelas facadas. O caso é acompanhado pelo Ministério Público do Paraguai. O menino não pode ser preso nem punido pelo crime, em decorrência da menoridade.

Conforme o site Ultima Hora, os nomes foram omitidos em cumprimento do Artigo 29 do Código da Criança paraguaio, que proíbe a publicação de dados que permitam identificar menores vítima ou supostos autores de atos puníveis.

FONTE/CRÉDITOS: Última Hora
Comentários:

Veja também

Seja bem vindo!