Portal do MS - Sua fonte de notícias de Mato Grosso do Sul

Domingo, 03 de Julho de 2022

Notícias/Policial

Operação de combate à exploração sexual resgata dois adolescentes e tem 45 denúncias em MS

De acordo com o governo federal, mais de 10 mil locais foram fiscalizados em todo o país.

Operação de combate à exploração sexual resgata dois adolescentes e tem 45 denúncias em MS
Divulgação
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A “Operação Parador 27”, deflagrada no último dia (2), realizou mais de 811 denúncias, abordou 96 mil pessoas e fiscalizou aproximadamente dez mil locais em todo o país, por meio de ações de monitoramento da ação e combate à exploração sexual de crianças e adolescentes.  

Em Mato Grosso do Sul, conforme a Polícia Militar (PMMS), foram 45 denúncias, mais de 240 locais apontados como “pontos sensíveis” de prostituição com 1.506 pessoas abordadas e que passaram por procedimentos de chegagem da PPMS. Cerca de 360 veículos foram fiscalizados por meio de blitz, segundo a pasta.

De acordo com o balanço realizado pela pasta, dois adolescentes - uma menina de 15 anos, e um e um menino de 16 anos, foram resgatados de possíveis pontos de prostituição em Aparecida do Taboado e Sidrolândia, respectivamente. 

Segundo o relatório, as pessoas que se apresentaram como responsáveis pelos estabelecimentos notificados foram conduzidas à Delegacia de Polícia Civil juntamente com os menores. 

Segundo o governo federal, a operação prendeu 637 mil pessoas, apreendeu outras 91  e resgatou mais de 183 crianças e adolescentes em todo o país. A Operação “Parador 27”, realizada em parceria com a Secretaria de Operações Integradas e Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente. estava em curso desde o início do mês.

Os monitoramentos e fiscalizações foram realizados em território nacional, com apoio da Ouvidoria Nacional do Conselho Nacional dos Comandantes Gerais das Polícias Militares, Direitos Humanos, Corpos de Bombeiros Militares, Polícia Rodoviária Federal, Secretarias de Estado de Segurança Pública, Polícias Militares e Conselhos Tutelares.

FONTE/CRÉDITOS: Correio do Estado
Comentários:

Veja também

Seja bem vindo!