Portal do MS - Sua fonte de notícias de Mato Grosso do Sul

Terça-feira, 05 de Julho de 2022

Notícias/Política

Partidos de esquerda de MS não terão candidatos ao governo nas eleições 2022

PCdoB, PCO e PSTU não vão ter candidatos próprios para disputa majoritária deste ano

Partidos de esquerda de MS não terão candidatos ao governo nas eleições 2022
Divulgação
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Os partidos de esquerda de Mato Grosso do Sul, PCO, PSTU e PCdoB, não vão lançar candidatos ao governo, nas eleições deste ano. Apenas o PSOL deve ter nome ainda a ser decidido para a disputa majoritária.

O PSTU não vai lançar candidatos ao Senado Federal, deputado estadual e federal. A decisão segue a mesma de 2018, quando o partido no Estado também não lançou candidatos.

Já o PCO, segundo o presidente estadual do partido em MS, Thiago Assad, a única definição até o momento é o apoio ao ex-presidente da República, Lula. “O resto iremos discutir na conferência, em junho”.

Ainda segundo Assad, o PCO não discutiu coligação com outro partido para as eleições de 2022. Thiago Assad foi candidato a prefeito de Campo Grande em 2020.

Iara Gutierrez Cuellar, presidente estadual do PCdoB, afirmou que a legenda não vai lançar candidato ao governo. “Nós do PCdoB-MS, não vamos ter candidato ao governo”.

A decisão, segundo Iara, é que com a federação, o partido avalia trabalhar com um nome de consenso. “Avaliamos que é possível trabalharmos com um nome de consenso entre os partidos que irão fazer parte da federação”.

Entretanto, a presidente do PSOL no Estado, Margila Leal de Souza Tocchio, informou ao Jornal Midiamax que o partido vai ter candidato ao governo, mas o nome ainda será definido. “Até abril, teremos um pré-candidato”.

O PCB e PRTB, conforme o DivulgaCand, não têm representantes no Estado.

FONTE/CRÉDITOS: Mídia Max News
Comentários:

Veja também

Seja bem vindo!