Portal do MS - Sua fonte de notícias de Mato Grosso do Sul

Quinta-feira, 11 de Agosto de 2022

Notícias/Mato Grosso do Sul

Pode chegar a MS? Tempestade de fumaça cobre cidades do Paraguai e assusta moradores

Caso semelhante já aconteceu em MS por conta dos incêndios no Pantanal

Pode chegar a MS? Tempestade de fumaça cobre cidades do Paraguai e assusta moradores
Clima MeteoFedex/ABC Color
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Regiões do país vizinho de Mato Grosso do Sul, o Paraguai, estão encobertas por tempestades de fumaça, na tarde desta segunda-feira (1°), deixando locais sem visibilidade e dificultando a respiração de moradores, principalmente na Capital de Assunção. Os ventos teriam trazido partículas de fumaça de incêndios que ocorrem na Argentina recentemente

De acordo com o site ABC Color, o fenômeno começou por volta das 17h, trazendo pouca chuva e a nuvem de fumaça que podia ser vista da capital e de regiões metropolitanas. A Direção de Meteorologia e Hidrologia, alertou sobre a tempestade que vinha da Argentina, levando as partículas e fuligem.

A exposição à fumaça traz riscos à saúde, especialistas recomendam que o ideal é evitar ficar exposto próximo a nuvem. Ao La Nacion o médico e ex-ministro da saúde, Carlos Morínigo disse que os moradores devem sair do ambiente poluído, fechando as portas de casa e janelas, além disso, os aparelhos de ar condicionado não devem ser usados ​​porque quando o ar de fora é introduzido na casa, a fumaça vai circular no interior. “Então, é como se você estivesse do lado de fora. Tente usar ventiladores dentro de casa, não condicionadores de ar”, sugeriu.

O alerta requer mais atenção de pessoas alérgicas ou com problemas respiratórios, o ideal é manter o uso dos remédios, antialérgicos e muita hidratação. “Para nós que não temos doenças subjacentes e que de repente irrita os olhos ou faz tossir, a primeira medida é não nos expor e a segunda medida é ter sempre um broncodilatador como o salbutamol à mão e ir ao pronto-socorro, se for o caso, o quadro de desconforto respiratório piora”, disse.

FONTE/CRÉDITOS: MídiaMaxNews
Comentários:

Veja também

Seja bem vindo!