Portal do MS - Sua fonte de notícias de Mato Grosso do Sul

Quinta-feira, 11 de Agosto de 2022

Notícias/Policial

Polícia Federal desvenda esquema de fraude no auxílio emergencial em Ivinhema

Mulher teria criado dezenas de auxílios emergenciais em benefício próprio e de terceiros

Polícia Federal desvenda esquema de fraude no auxílio emergencial em Ivinhema
Ilustrativa
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Na manhã desta terça-feira (28), a Polícia Federal de Dourados cumpre mandado de busca e apreensão no município de Ivinhema - distante 289 km da Capital -, contra um esquema de corrupção por parte de uma funcionária terceirizada da CEF (Caixa Econômica Federal).  

Conforme a Polícia, a mulher vem sido investigada por se apropriar de senha de funcionário da instituição financeira e realizou dezenas de inserções/alterações de benefícios de auxílio emergencial no sistema informatizado.  

Ou seja, o dinheiro público, ao invés de ir para pessoas que realmente precisavam do Auxílio, era desviado para terceiros.  

Apurações apontam que ela gerou dezenas de benefícios falsos, para se beneficiar do dinheiro e ajudar pessoas próximas ligadas ao esquema.  

Segundo a PF, o total em prejuízo causado aos cofres da União Federal ainda está sendo levantado.  

Nomeada de "Contritio Fiduciae", o nome é alusão à quebra de confiança da principal investigada, por usar senha de funcionário para ser a promotora de invasão da área restrita da Caixa Econômica Federal, além da modificação de dados para que as fraudes fossem realizados.  

Vale ressaltar que essa conduta investigada pode importar nos crimes de peculato, modificação ou alteração não autorizada de sistema de informações e estelionato (Art. 312, § 1, Art. 171, § 3º e Art. 313-B do Código Penal).

FONTE/CRÉDITOS: Correio do Estado
Comentários:

Veja também

Seja bem vindo!