Portal do MS - Sua fonte de notícias de Mato Grosso do Sul

Quinta-feira, 11 de Agosto de 2022

Notícias/Mato Grosso do Sul

Servidor de carreira, ex-secretário de Saúde é demitido da prefeitura por abandonar emprego

Vidigal era nomeado como ‘médico’ classe A, nível 001.

Servidor de carreira, ex-secretário de Saúde é demitido da prefeitura por abandonar emprego
Divulgação
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O ex-secretário Municipal de Saúde e servidor efetivo da mesma pasta, o médico generalista Renato Oliveira Garcez Vidigal, foi demitido pela administração municipal. A decisão consta na edição desta quinta-feira (5/5) do Diário Oficial em decorrência de processo administrativo disciplinar aberto para investigar o não comparecimento dele ao trabalho. 

Vidigal era nomeado como ‘médico’ classe A, nível 001, mas desde o início de janeiro do ano passado, ainda em estágio probatório após assumir concurso, não prestava serviço à administração municipal. 

No mesmo documento, assinado pelo prefeito Alan Guedes (PP), o cargo ocupado por ele foi declarado vago. 

Alvo de operação da Polícia Federal, reflexo de supostas irregularidades cometidas durante o período que esteve a frente da Secretaria, o médico também estava na mira de procedimento instaurado pelo MPE (Ministério Público Estadual) - relembre aqui - por suspeita de ato lesivo ao erário público, justamente por ‘abandonar’ os trabalhos no município. 

Ele foi secretário de Saúde no governo Délia Razuk (sem partido) entre janeiro de 2017 e dezembro de 2018, quando pediu exoneração do cargo e chegou a atuar na coordenaria do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Quase um ano depois de deixar a titularidade da pasta, em novembro de 2019, Renato Vidigal foi um dos alvos da segunda fase da Operação Purificação, desencadeada pela Polícia Federal com foco nas investigações sobre supostas irregularidades cometidas enquanto comandava a Saúde.

No início deste ano, o ex-secretário chegou a ser preso acusado de violência doméstica após uma suposta agressão a namorada em uma pousada localizada em Bonito.

FONTE/CRÉDITOS: Dourados News
Comentários:

Veja também

Seja bem vindo!