Portal do MS - Sua fonte de notícias de Mato Grosso do Sul

Quarta-feira, 17 de Agosto de 2022

Notícias/Policial

Suspeito de tentativa de feminicídio é preso pela Polícia Civil

Vítima e suspeito conviveram por um ano e meio, estavam separados desde dezembro de 2021 e possuem uma filha em comum, de um ano.

Suspeito de tentativa de feminicídio é preso pela Polícia Civil
Divulgação
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Na manhã de sábado (30) a Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, por intermédio da Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) de Naviraí, deu cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido em desfavor de um homem de 27 anos, investigado pelo crime de tentativa de feminicídio.

Vítima e suspeito conviveram por um ano e meio, estavam separados desde dezembro de 2021 e possuem uma filha em comum, de um ano. No dia dos fatos, 24/04 o suspeito teria ido até a casa onde ela mora com a filha, e no quintal da residência fez uso de crack. Para que ele não consumisse mais entorpecente ela jogou o restante na pia do banheiro, quando ele percebeu ficou extremamente agressivo e a enforcou contra a parede, também chutou os móveis da casa, em seguida foi para o quintal, totalmente descontrolado e violento, instante em que a vítima conseguiu arrastar o sofá na porta para impedir que ele entrasse pela sala.

O suspeito então quebrou a janela de vidro da cozinha e entrou, a vítima estava sentada no sofá, junto com a filha, quando percebeu que o suspeito se aproximava. Sem tempo de se defender apenas se abaixou, acreditando, inicialmente, que ele lhe desferia socos nas costas, mas logo percebeu que estava sangrando e ao passar a mão sentiu a lâmina da faca cravada em suas costas. O suspeito retornou à cozinha para pegar outra faca, instante em que a vítima conseguiu sair com a filha para o quintal e pedir socorro aos vizinhos, tendo o suspeito se evadido do local.

A vítima recebeu atendimento no hospital municipal, onde foi realizado procedimento médico de retirada da faca de serra da região cervical.

A autoridade policial representou pela prisão preventiva do investigado, a qual foi deferida pelo Poder Judiciário local. Investigadores de Polícia da Delegacia de Atendimento à Mulher, com o apoio dos Investigadores de Polícia da Delegacia Regional, deram fiel cumprimento (30/04) ao mandado de prisão visando garantir a integridade física e psicológica da vítima.

Após o cumprimento o autor foi encaminhado até a unidade policial para as providências legais, onde permanecerá à disposição da Justiça.

FONTE/CRÉDITOS: CGN
Comentários:

Veja também

Seja bem vindo!